Hangover

Ridícula

Pare de bancar a poderosa
Você toma banho e tosa
Fica na rua toda "prosa"
Nesse seu mundinho todo rosa

Mentiu pra mim que era a tal
E essa ação pra mim é mortal
Não sou assassino, não sou criminoso
Mas vou te mostrar quem é o poderoso

Pare de ser tão ridícula
Pare de ser imbecil
Eu vou tirar sua cutícula
O meu cachorro você feriu

Me deixou jogado na rua
Como se eu fosse mendigo
Fiquei olhando a lua
Por um ladrão fui rendido

Ele roubou minha cueca
Seu presente de Natal
Era de marca sueca
Aplique um golpe fatal

Mas não esqueci o seu descaso
Será agora minha vingança
Vou te deixar sem esperança

Play